sexta-feira, 6 de maio de 2011

Orquestra: OK!


Esse contrato eu já fechei faz mais ou menos um mês. Demorei, mas vim contar pra vocês como foi a saga da orquestra.

Minhas visitas começaram pela Magda Rocha. O atendimento foi feito na casa dela, num dia de semana pela manhã. Ela me atendeu com cortesia, me mostrou vários vídeos de cerimônias em que eles estavam tocando. Me emocionei muito ao ouvir a Marcha Nupcial... quase chorei rsrs. Mas tratei de me segurar, pois a Dona Magda é uma pessoa séria e eu me sentiria uma bobona chorando na frente dela. Conversamos sobre o meu gosto musical e ela me passou o orçamento verbalmente. Perguntei sobre a possibilidade de tocarem também na festa e ela disse que me mandaria o orçamento por e-mail. Não mandou. Quanto ao preço, saí de lá bem satisfeita... imaginava que fosse mais caro.

O segundo que eu visitei foi o William da Rocha, cuja empresa carrega o sugestivo slogan "Musicando acontecimentos"... profundo, não? Carrega uma grande promessa e uma grande responsabilidade! Fomos atendidos (o noivo e eu) pelo próprio William, que é muito simpático. Lá nós não assistimos a vídeos... apenas ouvimos gravações e ele tocando ao vivo. Me apaixonei pela música da entrada do noivo sendo tocada por ele, fazendo o solo do piano... até hoje não vi ninguém executá-la melhor. Com base nas músicas que nós escolhíamos, ele foi montando a equipe que tocaria no nosso casamento. A conversa com ele nos ajudou muito a entender direito qual era o nosso estilo, qual tipo de música combina mais com o nosso casamento que será durante o dia e num jardim, bem como quais instrumentos são mais adequados. O orçamento é entregue por escrito, especificando a configuração da orquestra e o valor total. Lá o preço ficou um pouquinho mais alto do que na Magda Rocha.

Até aí, se eu fosse escolher, contrataria o William, por me sentir mais à vontade com ele e pelo fato de o preço não ser tão mais alto. Já o noivo escolheria a Magda Rocha, pois segundo ele não interessa a personalidade de quem está tocando, desde que o trabalho seja bem feito.

O terceiro orçamento foi feito na Toccata. Gostei muito do atendimento bem-humorado e descontraído da dona da empresa (esqueci o nome), que é carioca. Aí já viu, né? O escritório estava todo aromatizado, com cheirinho de canela para entrar no clima. Lá também só ouvimos as músicas. Como já tínhamos visitado outras empresas, chegamos sabendo mais ou menos o que queríamos. Apesar disso, a moça me mostrou outros estilos de música, o que me deixou um pouco desconfortável (parecia que queria "empurrar" o gosto musical dela), mas pensando melhor agora, acho que foi bom para nós termos certeza do que gostávamos. O orçamento não foi entregue na hora... ela prometeu enviar por e-mail e realmente enviou, sem demora. O valor estava mais alto do que nos outros.

Por último, eu fui sozinha visitar a Sanglard. Fui num dia de bridezilla, até contei aqui. Cheguei lá tentando disfarçar a pior cara do mundo, coitado do Fernando... mas logo, logo eu relaxei assistindo aos casamentos que ele me mostrava. Gostei muito do trabalho e do Fernando como pessoa. Ele não fica querendo que você contrate mil instrumentos, é bem franco e diz que uma configuração pequena é capaz de tocar divinamente. O orçamento dele também é enviado por e-mail, e bem rapidinho. Saí de lá e quando cheguei ao trabalho já estava lá! Adoro fornecedores eficientes! O preço dele foi o mais baixo de todos e a qualidade é equivalente. O melhor é que o preço por músico é padrtonizado (não altera de acordo com o instrumento), então dá para saber quanto você vai aumentar no preço se colocar mais instrumentos na proposta.

Depois de conversar com o noivo, fomos à Sanglard para o noivo conhecer o trabalho deles e fechamos lá.

O nosso casamento terá 8 instrumentos: 2 violinos, 1 voz, 1 piano, 2 clarins, percussão e 1 violoncelo. Para a festa, contratamos o trio de jazz que tocará clássicos da MPB, como as músicas de Tom Jobim que eu AMO!!!

Fica a indicação...

Ah! Hoje é o meu chá de lingerie. Depois volto para contar como foi.

Bjos

9 comentários:

Casar é assim... disse...

Acredita que hoje eu fiquei no youtube vendo orquestras pra ter uma ideia das músicas? rsrs..
Tire bastante fotos do chá..=)

beijos!

Carolina disse...

Não sei se vou mudar de ideia até o casamento, mas sabe que eu prefiro músicas "gravadas"? Acho que eu tenho é medo de acontecer alguma surpresa... =)

=***

Camilla Cândido disse...

Oi Ju, vc fez uma excelente escolha, tinha pensado em fechar com ele tbm, mas o meu estilo e o do noivo se enquadrou melhor com o do Alysson Takaki. E o chá, conte-nos tudo... só não fui pq tinha me comprometido em ir no desfile da Débora :*******

Carolina Batista disse...

Oieee, parabens pela escolha!!!
Mais um contrato fechado =) tudo de bom!
Ahhhh, nos conte tuuuudo do chá!
Ótima semana flor.
Mil beijos

Nanda e Dani disse...

Oi flor, Parabéns pela escolha...
bjs

http://nandanoiva.blogspot.com

Dayana disse...

Que bom que resolveu, já era hora, né?
Meu chá de lingerie é sábado! me conta tudo, quem sabe 'copio' algo?
Bjks!

Cynthia... disse...

Ei juliana! Tudo bem?

Preparativos caminhando a todo vapor né?! Delícia!

Aqui, estou vendendo o vestido que usei no meu casamento, fiz um post no blog para anunciar... se você conhecer alguém que tenha interesse por favor indique esse link http://embonita.blogspot.com/2011/05/vendendo-meu-vestido-de-noiva.html

Afinal noivas sempre conhecem outras noivas rs!

Bjos

Roberta disse...

Ju, desculpa não ter ido no seu chá... : /

Carolina disse...

Ráh! Peguei mais uma! xD

Mas sabe que tô pensando seriamente em comprar dessas bolhas pra revender, de tanto que o povo tá procurando?

=***